Buscar
  • Ibbn

ADORAR A JESUS

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 29/08/2020

Os discípulos de Jesus, e mais ainda, os apóstolos, conviveram intensamente com ele durante três anos. Nesta convivência, desenvolveram uma profunda amizade a ponto de Jesus chamá-los de amigos. O reconhecimento por parte deles de Jesus como Deus só se concretizou após a ressurreição. Tiago quando o viu disse: “Senhor meu e Deus meu!” (João 20:28). Quando eles foram convocados por Jesus para a montanha na Galileia, assim que ressuscitou, ao o verem, se prostraram em adoração. O Evangelista Mateus assim registra: “Quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram” (Mateus 28:17). Veja que alguns duvidaram, talvez, como diz alguns comentaristas, por não o reconhecerem, pois o seu corpo, embora trouxesse as marcas da crucificação, estava diferente.


Quando finalmente Jesus foi elevado aos céus, vimos todos o adorando. Lucas descreveu aquele momento assim: “Tendo-os levado até as proximidades de Betânia, Jesus ergueu as mãos e os abençoou. Estando ainda a abençoá-los, ele os deixou e foi elevado ao céu. Então eles o adoraram e voltaram para Jerusalém com grande alegria. E permaneciam constantemente no templo, louvando a Deus” (Lucas 24:50-53).


A partir daí, Jesus passou a ser não apenas o Mestre deles, mas também o seu Deus e, em seguida, começaram a prestar-lhe culto no templo e em suas reuniões nas casas, assim como fazemos até os dias de hoje. Portanto, você que é cristão, discípulo de Jesus, não se esqueça de prestar-lhe adoração. Nestes tempos, quando estamos pedindo tantas coisas a ele, vamos adorá-lo, também.