Buscar
  • Ibbn

O FIM É MELHOR DO QUE O INÍCIO

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 21/04/2020

A Covid 19 está forçando mudanças no mundo e, consequentemente, em nossas vidas. Acredito que ao sairmos desta crise muitas coisas vão mudar. Alguns sentimentos negativos, que estão sendo potencializados, como o medo de ser contaminado, de perder um ante querido, de perder o emprego, de faltar recursos etc., vão deixar marcas profundas. Por outro lado, há aspectos positivos. Na vida profissional, estamos desenvolvendo habilidades novas, tais como homeoffice, reuniões virtuais e lives. No plano familiar, os pais estão vivenciando o que os professores passam na sala de aula, com a experiência de supervisionar os seus filhos nos estudos em homeschooling. As famílias estão, para muitas, tendo que aprender a conviver na marra.


Há um mês éramos um tipo de sociedade e, agora, vivendo este processo de mudanças, acredito que construiremos uma sociedade com hábitos e valores diferentes. Espero que para melhor.

Na Bíblia temos registrado o pensamento de um sábio que diz:

'O fim das coisas é melhor que o seu início, e o paciente é melhor que o orgulhoso. ‘ (Eclesiastes 7:8)

“O fim das coisas é melhor que o seu início”. Sim, vamos deixar que brote o melhor em cada um de nós, para que, ao sairmos desta situação, sejamos pessoas melhores e, consequentemente, um sociedade melhor. Mas vamos precisar ter paciência e deixar o orgulho de lado.  O sábio escritor bíblico acrescenta: “o paciente é melhor que o orgulhoso”. Uma virtude é necessária, a paciência, que aqui evoca a resistência diante deste vendaval que nos assola, ou seja, resiliência. Uma atitude é solicitada que deixemos, o orgulho, que impede as mudanças necessárias em nós. Que saiamos desta melhor do que entramos.



7 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Existe uma frase atribuída a Louis Pasteur, que diz assim: “Um pouco de ciência nos afasta de Deus. Muito, nos aproxima”. Nos dias atuais, quando todos têm acesso a todos os tipos de informação, algun

Um dia, um homem procurou a Jesus querendo saber o que deveria fazer para conseguir a vida eterna. Jesus o orientou a guardar os mandamentos da Lei, vender tudo o que tinha, dar o dinheiro aos pobres

Temos pela frente mais um ano de eleições e, ainda por cima, polarizadas. Classificar algo, seja o que for, em apenas dois grupos faz com que se perca a riqueza da diversidade. Deus valoriza a diversi