Buscar
  • Ibbn

GRATIDÃO A DEUS

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 01/09/2020

É perceptível a diferença entre o culto prestado a Deus no Antigo Testamento e o realizado no Novo Testamento. No Antigo Testamento o povo oferecia a Deus coisas, no Novo Testamento é Deus que nos oferece seu Filho Jesus Cristo. No Antigo Testamento o homem oferecia seus sacrifícios para perdão dos pecados, para pedir bênçãos e para agradecer. Já no Novo Testamento, foi Deus quem ofereceu Jesus como sacrifício para perdoar nossos pecados. Um era norteado pela Lei e outro pela graça. No primeiro o homem era obrigado pela lei a cultuar, no segundo o homem é convidado a prestar cultos a Deus. Mas, vemos que em ambos, era solicitado a sinceridade ao cultuar.


No Salmo 50 o salmista traz as seguintes palavras expressando o ensino de Deus: “Se eu tivesse fome, não pediria nada a vocês, pois o mundo é meu e tudo o que nele há. Por acaso, preciso comer carne de touros ou beber sangue de bodes? Que a gratidão de vocês seja o sacrifício que oferecem a Deus, e que vocês deem ao Deus Altíssimo tudo aquilo que prometeram! Se me chamarem no dia da aflição, eu os livrarei, e vocês me louvarão.” (Salmos 50:12-15).


Em outras palavras, Deus está dizendo que ele não precisa de nada material que oferecemos a ele, pois tudo já é dele, o que ele espera é a sinceridade ao oferecermos ou fazermos alguma coisa para ele. Ou seja, quando vamos ao um templo prestar cultos a Deus, quando entregamos uma oferta ou fazemos algo para ele, que seja uma resposta da gratidão do nosso coração.