Buscar
  • Ibbn

EM MEMÓRIA DO QUE JESUS FEZ POR NÓS

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 10/10/2020

A celebração da chamada Ceia do Senhor é uma das duas ordenanças deixadas por Jesus, sendo que a outra é o batismo. Elas devem ser praticadas por aqueles que nele creem. Já se passaram quase dois mil anos desde que Jesus instituiu a Ceia e as igrejas cristãs a celebram de maneiras variadas. Para os primeiros cristãos, era algo tão importante que, mesmo em períodos de perseguições, como o caso na cidade de Roma, eles se reuniam, escondidos em catacumbas, que eram câmeras para sepultarem seus mortos, ligados por vários túneis, e ali celebravam a ceia.

Jesus, quando a instituiu, disse: “Façam isto em memória de mim” (Lucas 22:19). Ele o fez ao celebrar a Ceia Pascal dos judeus que trazia à memória a saída do povo judeu do Egito. Um significado simbólico da ceia cristã é visto nas próprias palavras de Jesus, registradas no capítulo 6 do Evangelho de João.

“— Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem crê tem a vida eterna. Eu sou o pão da vida. Os antepassados de vocês comeram o maná no deserto, mas morreram. Aqui está o pão que desce do céu; e quem comer desse pão nunca morrerá. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer desse pão, viverá para sempre. E o pão que eu darei para que o mundo tenha vida é a minha carne” (João 6:47-51 - NTLH). Ele está afirmando aqui que é o único que pode dar a vida eterna com Deus e que a pessoa precisa aceitar, simbolizado pelo ato de comer o pão e beber o vinho. Ele continuou dizendo:

“— Eu afirmo a vocês que isto é verdade: se vocês não comerem a carne do Filho do Homem e não beberem o seu sangue, vocês não terão vida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é a comida verdadeira, e o meu sangue é a bebida verdadeira. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue vive em mim, e eu vivo nele. O Pai, que tem a vida, foi quem me enviou, e por causa dele eu tenho a vida. Assim, também, quem se alimenta de mim terá vida por minha causa. Este é o pão que desceu do céu. Não é como o pão que os antepassados de vocês comeram e mesmo assim morreram. Quem come deste pão viverá para sempre” (João 6:53-58).

Jesus reforça a informação de que a única maneira de se ter vida eterna com Deus é aceitando o sacrifício dele na cruz em nosso lugar. Ao comermos o pão e bebermos o cálice com vinho, reafirmamos a nossa participação no ato sacrifical de Jesus e o benefício da sua ressurreição.


2 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

JESUS CHORA NOSSAS DORES

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 26/01/2021 O Novo Testamento registra três momentos em que Jesus chorou. A primeira vez foi quando, no túmulo de Lázaro, seu amigo, chorou a dor daquela

EM TEMPOS DE LUTO

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 23/01/2021 O profeta Isaías era muito amigo do rei Uzias, um dos grandes reis de Judá, e que teve muitas falhas, assim como todos os outros. O orgulho de

ADORAÇÃO COLETIVA A DEUS

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 22/01/2021 Após voltar a Jerusalém do cativeiro, o povo judeu ficou ainda um longo tempo sem prestar cultos a Deus. Mas chegou um momento em que sentiram

LOGO CONVENÇÃO.png
CONVENÇÃO 
BATISTA BRASILEIRA

tel. (65) 3628 2130 - (65) 3628-3238

email: contato@ibbn.com.br

IGREJA BATISTA BOAS NOVAS

Av. Fernando Correa da Costa, 3155

Boa Esperança, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil

© 2020 IGREJA BATISTA BOAS NOVAS - Min. Comunicação                                                                                                                                      versão: beta