Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 29/12/2020

Por mais que esteja difícil fazer planos para o próximo ano, em virtude da pandemia que ainda assola a humanidade, é recomendável fazer avaliação de como foi o ano de 2020 e, principalmente, como reagimos diante das circunstâncias inusitadas. Como cristãos, tanto para avaliar como para planejar, temos parâmetros a serem seguidos, os quais foram deixados por Jesus. Foi ele quem disse:

“ — Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha. — Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída” (Mateus 7:24-27 - NTLH).

É evidente que 2020 foi um ano em que fomos assolados por várias tempestades. A questão é como as enfrentamos. Jesus disse que aqueles que edificam suas vidas colocando em práticas seus ensinamentos estão prontos para enfrentarem as tempestades. Chama a atenção que ele não disse que não haveria tempestades para os que colocassem em prática os seus ensinos, mas que resistiriam às tempestades. Então, tenha como meta para 2021 aprender mais sobre os ensinos de Jesus e colocá-los em prática em sua vida, preparando-se, assim, para resistir às tempestades da vida.



2 visualizações

Atualizado: 30 de Dez de 2020

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 28/12/2020



Estamos chegando ao fim de mais um ciclo de doze meses. É o ciclo de um ano que está se encerrando. 2020 tem sido um ano atípico em virtude da pandemia e, em consequência, ficamos mais atentos aos movimentos das autoridades ao nos guiar durante ano. As decisões governamentais ficaram em constante avaliação. Algumas decisões concordamos, outras não. É importante fazermos nossas avaliações como cidadãos. Mas, precisamos, também, fazer uma avaliação de nós mesmos, de nossas atitudes, de nossas ações, de nosso comportamento.


O apostolo Paulo percebeu que os cristãos na cidade de Corinto não estavam tendo atitudes corretas em sua vida eclesiástica, então fez esta recomendação: “Portanto, que cada um examine a sua consciência e então coma do pão e beba do cálice... Se examinássemos primeiro a nossa consciência, nós não seríamos julgados pelo Senhor” (1Coríntios 11:28,31 - NTLH).


Aproveite estes últimos dias do ano para avaliar algumas áreas de sua vida: a espiritual, que envolve seu relacionamento com Deus e com sua igreja; a familiar, que envolve as atitudes para com seus entres queridos; a profissional, que envolve sua missão de vida e sustento; a financeira, que na forma de gastar, sinaliza o que é mais importante para você; e a saúde física e emocional, que é o cuidado para consigo mesmo. Pode ser que existam outras áreas da sua vida que devam ser examinadas. Mas, como Cristão, estas avaliações devem ter como parâmetro os ensinos de Jesus. Foi ele quem disse:

“— Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha. — Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia. Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída” (Mateus 7:24-27 - NTLH).

Então, como cristão, examine sua vida e veja se tem colocado em prática, nas diversas áreas de sua vida, os ensinos de Jesus.

3 visualizações
  • Ibbn

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 26/12/2020

As celebrações natalinas passaram, mas a encarnação de Jesus fica como um exemplo para nós. O apóstolo Paulo assim descreve a vinda de Jesus ao mundo:

“Ele tinha a natureza de Deus, mas não tentou ficar igual a Deus. Pelo contrário, ele abriu mão de tudo o que era seu e tomou a natureza de servo, tornando-se assim igual aos seres humanos. E, vivendo a vida comum de um ser humano, ele foi humilde e obedeceu a Deus até a morte — morte de cruz. Por isso Deus deu a Jesus a mais alta honra e pôs nele o nome que é o mais importante de todos os nomes, para que, em homenagem ao nome de Jesus, todas as criaturas no céu, na terra e no mundo dos mortos, caiam de joelhos e declarem abertamente que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus, o Pai” (Filipenses 2:6-11 - NTLH).

Que atitude a de Jesus para conosco! Abriu mão de viver aqui como Deus, “tornando-se igual aos seres humanos” e colocando-se como servo, dando-nos exemplo de como devemos viver aqui. O apóstolo Paulo diz:

Por estarem unidos com Cristo, vocês são fortes, o amor dele os anima, e vocês participam do Espírito de Deus. E também são bondosos e misericordiosos uns com os outros. Então peço que me deem a grande satisfação de viverem em harmonia, tendo um mesmo amor e sendo unidos de alma e mente. Não façam nada por interesse pessoal ou por desejos tolos de receber elogios; mas sejam humildes e considerem os outros superiores a vocês mesmos. Que ninguém procure somente os seus próprios interesses, mas também os dos outros. Tenham entre vocês o mesmo modo de pensar que Cristo Jesus tinha” (Filipenses 2:1-5 - NTLH).

Então, que pensemos como Jesus e vivamos tendo as mesmas atitudes dele. Que sigamos o exemplo do Deus que criou os seres humano e veio aqui nos mostrar como devemos viver.

2 visualizações
LOGO CONVENÇÃO.png
CONVENÇÃO 
BATISTA BRASILEIRA

tel. (65) 3628 2130 - (65) 3628-3238

email: contato@ibbn.com.br

IGREJA BATISTA BOAS NOVAS

Av. Fernando Correa da Costa, 3155

Boa Esperança, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil

© 2020 IGREJA BATISTA BOAS NOVAS - Min. Comunicação                                                                                                                                      versão: beta