Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 21/11/2020

Jesus, em seus ensinos, faz um alerta sobre a sua volta, o fim desta era e o tempo em que acontecerá. Compartilho com vocês uma parte do seu sermão escatológico. Ouça o que ele disse:

“Então vocês serão perseguidos e condenados à morte, e vocês serão odiados no mundo todo por minha causa. Muitos de vocês vão abandonar a fé, e trairão e odiarão uns aos outros. Aparecerão falsos profetas, que enganarão a muitos. O pecado aumentará por toda parte, e esfriará o amor de muitos. Mas aqueles que ficarem firmes até o fim serão salvos. E as boas-novas do Reino serão pregadas pelo mundo inteiro, para que todas as nações as ouçam, e depois virá o fim” (Mateus 24:9-14).

Acredito que muitos destes sinais já estão acontecendo, como, por exemplo, cristãos sendo perseguidos e condenados à morte, a “cristofobia” aumentando e muitos abandonando a fé. Estão surgindo falsos profetas, enganando a muitos com mensagens que contrapõem ao que está na Bíblia e, assim, as práticas pecaminosas estão crescendo. Consequentemente, o amor a Jesus Cristo, por muitos que se dizem cristãos, está se esfriando e a fé sendo abandonada.


A pergunta que faço é esta: algumas destas atitudes já estão acontecendo com vocês? Como, por exemplo, o amor a Cristo já está se esfriando e a fé sendo abandonada? Não se esqueça o alerta de Jesus: “aqueles que ficarem firmes até o fim serão salvos”. Acredito que estes tempos sãos tempos que provarão a fé de quem são realmente os verdadeiros cristãos.



2 visualizações

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 19/11/2020

Existem, no mundo das artes, várias obras inacabadas na música, nas artes plásticas e nas esculturas que, mesmo nestas condições, são obras maravilhosas. Acredito que nós somos obras inacabadas de Deus, com a diferença de estarmos ainda em construção, pois o artista ainda está trabalhando. O apóstolo Paulo diz:

“Portanto, agora, desde que fomos declarados justos à vista de Deus, pela fé, podemos ter paz com Deus por meio de Jesus Cristo, nosso Senhor. Pois, devido à nossa fé, ele nos colocou nesse lugar do mais alto privilégio onde agora nos encontramos, e nos levou a essa graça na qual agora estamos firmes, e nos alegramos na esperança de participar da glória de Deus. Podemos nos alegrar, igualmente, quando nos encontrarmos diante de sofrimentos pois, sabemos que os sofrimentos produzem a paciência. E a paciência desenvolve em nós a força de caráter, e a força de caráter desenvolve em nós a esperança. E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos deu” (Romanos 5:1-5).

No momento em que aceitamos o sacrifício de Jesus na cruz, como sendo em nosso lugar, por causa dos nossos pecados, somos declarados justificados por Deus. Então, ele nos coloca em um pedestal e continua a trabalhar em nós para que sejamos uma obra completa e possamos participar da galeria da “glória de Deus”. Cada sofrimento que ele permite que passemos produz em nós paciência, forma o nosso caráter e desenvolve em nós a esperança. Ele faz isso com amor e por meio do Espírito Santo. Acredito que nestes dias tão difíceis de pandemia, Deus esteja trabalhando em nós, completando a sua obra. Se você olhar para sua vida no início da pandemia e compará-la a hoje, consegue perceber que cresceu, que tornou-se uma pessoa melhor? Espero que sua resposta seja um sim.

1 visualização

Por Pr. Carlos Henrique - Mensagens Diárias de 18/11/2020

Temos, na Bíblia, dois momentos que impactaram a vida do ser humano: a desobediência do homem no Jardim do Éden e o sacrifício de Jesus na cruz. Um foi a ação do homem, que num ato de desobediência a Deus, deixou que o inimigo semeasse o mal em seus corações e, consequentemente, no mundo. O outro, foi uma ação de Deus em resgate do coração do homem, libertando-o das influências do Inimigo. Um trouxe a morte, o outro trouxe a vida. Um quis viver como Deus, o outro morrer como homem. Um era criatura, o outro era o Criador.


O apóstolo Paulo descreve o resultado da ação do homem com estas palavras: “Antigamente, por terem desobedecido a Deus e por terem cometido pecados, vocês estavam espiritualmente mortos. Naquele tempo vocês seguiam o mau caminho deste mundo e faziam a vontade daquele que governa os poderes espirituais do espaço, o espírito que agora controla os que desobedecem a Deus. De fato, todos nós éramos como eles e vivíamos de acordo com a nossa natureza humana, fazendo o que o nosso corpo e a nossa mente queriam. Assim, porque somos seres humanos como os outros, nós também estávamos destinados a sofrer o castigo de Deus” (Efésios 2:1-3 – NTLH)


Paulo fala, também, sobre o que Deus fez: “Mas a misericórdia de Deus é muito grande, e o seu amor por nós é tanto, que, quando estávamos espiritualmente mortos por causa da nossa desobediência, ele nos trouxe para a vida que temos em união com Cristo. Pela graça de Deus vocês são salvos. Por estarmos unidos com Cristo Jesus, Deus nos ressuscitou com ele para reinarmos com ele no mundo celestial. Deus fez isso para mostrar, em todos os tempos do futuro, a imensa grandeza da sua graça, que é nossa por meio do amor que ele nos mostrou por meio de Cristo Jesus” (Efésios 2:4-7).


Paulo continua e resume com estas palavras: “Pois pela graça de Deus vocês são salvos por meio da fé. Isso não vem de vocês, mas é um presente dado por Deus. A salvação não é o resultado dos esforços de vocês; portanto, ninguém pode se orgulhar de tê-la. Pois foi Deus quem nos fez o que somos agora; em nossa união com Cristo Jesus, ele nos criou para que fizéssemos as boas obras que ele já havia preparado para nós” (Efésios 2:8-10).


Com base no texto bíblico acima, podemos dizer que a salvação é um presente gracioso de Deus e não o resultado de algo que fazemos. É resultado da graça de Deus, presente não merecido. A única ação que você tem que fazer é aceitar, por meio da fé, que Cristo morreu por seus pecados. O resultado disso continua sendo uma ação de Deus Espírito Santo em sua vida. Aí, você fará boas obras, por ter um Deus em sua vida.

0 visualização
LOGO CONVENÇÃO.png
CONVENÇÃO 
BATISTA BRASILEIRA

tel. (65) 3628 2130

email: contato@ibbn.com.br

IGREJA BATISTA BOAS NOVAS

Av. Fernando Correa da Costa, 3155

Boa Esperança, Cuiabá, Mato Grosso, Brasil

© 2020 IGREJA BATISTA BOAS NOVAS - Min. Comunicação                                                                                                                                      versão: beta